5 dicas de como evitar golpes na hora de buscar um empréstimo pela internet

Cresceu a conexão à internet no Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 82,7% dos domicílios nacionais possuem acesso à internet, um aumento de 3,6 pontos percentuais em relação a 2018. Hoje é possível realizar quase todas as atividades básicas, como compras de mercado, entregas de restaurantes e transferências bancárias de forma online.

Mas uma pesquisa realizada pela Mastercard ao Instituto DataFolha, revelou que 92% dos brasileiros temem pela segurança de seus dados no ambiente virtual, onde em uma escala de 1 a 10, sendo 10 muito seguros, a nota média foi 5,1.

Com o aumento dos pedidos de empréstimo durante a pandemia, os golpes relacionados a esse assunto, ganharam nova roupagem sendo aplicados pelo aplicativo de mensagem WhatsApp.

Segundo a Simplic, fintech de crédito pessoal online com mais de 4 milhões de brasileiros em sua base, foram realizados mais de 1 milhão e 200 mil pedidos de empréstimo em 2020.



“É importante buscar informações sobre o tema e apostar em empresas com credibilidade no mercado antes de contratar um serviço”, afirma Thaíne Clemente, Executiva de Estratégias e Operações.

Pensando nisso, a especialista comenta os principais cuidados para evitar golpes na hora de buscar e contratar um empréstimo online. Confira:


Fintechs nunca pedem depósito adiantado de dinheiro

Esse tipo de ação é ilegal, portanto, as fintechs que prestam um serviço realmente seguro, não utilizam desse recurso. Se a empresa está pressionando muito, exigindo rapidez no fechamento do contrato, também pode ser um sinal de golpe.

Contratos de empréstimos têm de ser muito pensados e decididos com calma. O usuário recebe o documento para analisar após sinalizar que tem interesse em adquirir o serviço.


Cuidado com os agiotas e evite passar seus dados pessoas pelas redes sociais

Assim como os serviços online, as redes sociais também cresceram no Brasil nos últimos anos.

Por serem uma forma de contato instantânea, muitas vezes são o meio escolhido pelos clientes para sanação de dúvidas. Porém, como as postagens ficam públicas, o cuidado com as informações pessoais é primordial. Evite fornecer dados como endereço, CPF e senhas bancárias de forma pública nas redes.

Outra dica é ficar de olho no contato de possíveis agiotas pela internet. Essas pessoas entram em contato com o cliente oferecendo um meio mais rápido de empréstimo, que muitas vezes pode ser um golpe.


Procure um site de confiança na hora de simular o empréstimo

Pequenos detalhes podem significar a falta de segurança em um site. Apesar de discretos, eles podem ser percebidos se analisados com atenção. Por exemplo, no início do endereço eletrônico, as letras utilizadas têm de ser https e não apenas http.

Também é válido conferir o símbolo de um cadeado, que geralmente aparece antes do site. Se ele estiver fechado, o site é de confiança e tem seus dados criptografados.


Pesquise sobre a empresa

Colocar o nome da empresa em um portal de buscas pode ajudar a tirar dúvidas e resolver indecisões. Lá, vão constar dados como endereço fixo e contato oficial da empresa, além de outros recursos como fotos e comentários dos clientes, que podem ser decisivos para o fechamento do negócio.

lém disso, uma dica é olhar as redes sociais da empresa e sites como o Reclame Aqui, para ter certeza de que a empresa existe e buscar ajudar seus clientes a solucionar possíveis imprevistos.


Consulte um contador

Sempre busque informações e dicas sobre o empréstimo junto ao seu contador! Além de garantir segurança ao processo, o contador poderá opinar sobre taxas de juros e multa.


Fonte: Contabeis.com.br

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon